Simpatias para aumentar o amor

Simpatias

imagesOla pessoas,
Como ontem foi o dia dos namorados, vim hoje trazer para vocês algumas simpatias para manter o amor sempre vivo no coração de vocês. São simpatias para quem já tem alguém especial na sua vida, no próximo post vai ser especialmente para os solteiros, então aguardem..

Os apaixonados estão preparados? Então veja qual melhor se adéqua ao seu relacionamento e corre para fazer.

Paixão eterna e amor infinito

Pegue o Rosário contando cada bolinha e faça a seguinte oração por três dias consecutivos: Frei Silvério, conceda-me o milagre e a graça que tanto desejo que eu (seu nome) e (nome da pessoa amada) ficaremos juntos para sempre, Paixão Eterna e Amor Infinito. No terceiro dia, após ter terminado essa oração, divulgue essa simpatia fazendo que mais pessoas acreditem nela. Faça com muita fé e amor que dará certo

Fidelidade eterna

Numa noite de Lua Cheia, olhe para a Lua da sua janela e diga em voz alta: É, Lua, rainha da noite e dos enamorados. Assim como olha por nós e ajuda a todos nos assuntos do coração, faça com que (diga o nome da pessoa amada) não olhe nunca para ninguém e deseje apenas o meu amor. Repita essa frase mais 2 vezes e vá dormir. Essa simpatia só pode ser feita uma vez e não conte a ninguém que você a fez.

Para aumentar o desejo

Pegue uma foto pequena e a cole em um cadeado com um pedaço de fita adesiva. Derrame mel por cima. Coloque o cadeado no chão e faça um círculo, intercalando velas vermelha, amarela e branca. Cada uma das velas em um pires. Acenda as velas da direita para a esquerda e repita: (Diga o nome da pessoa amada) está amarrado em meu corpo e só terá olhos para mim. Só ficará satisfeito comigo e não desejará nenhuma outra, pois não funcionará. Deixe as velas queimarem até a metade e as apague. Jogue os restos no lixo, limpe a foto e guarde com carinho. O cadeado e os pires podem ser usados como de costume.

Para aumentar a sensualidade

Na Lua Crescente, todas as manhãs faça uma mistura com água e 7 folhas de hortelã, coe e enxágue o rosto com a mistura coada. Depois, pegue as folhas que sobraram, coloque para secar e embrulhe em um papel vermelho, pedindo aos anjos que aumentem a sua sensualidade. Reze um Pai Nosso e uma Ave Maria para o seu santo de devoção, segurando o embrulho com muita fé. Deixe no seu guarda-roupa e, sempre que quiser aumentar a sua sensualidade, segure-o e peça a ajuda dos anjos

Para manter o amor

Em quatro pedaços de papel, transcreva integralmente esta simpatia e distribua as cópias para quatro amigas. Após a distribuição, escreva o nome da pessoa amada na sola de seu pé esquerdo e aperte com bastante força seu pé contra o chão enquanto vai dizendo com muita convicção, porém discretamente: Debaixo do meu pé eu te prendo …, eu te amarro …, eu te mantenho … pelo poder das treze Almas Benditas. Substitua as reticências (…) pelo nome da pessoa amada. Se nesse dia ou noite você sonhar, não revele o sonho a ninguém.

Para ter um amor para sempre

Pegue uma maçã, coloque o seu nome e o da pessoa amada em um papel e amarre a maçã. Depois, enterre a maçã em um vaso bem florido.

 Espero que essas dicas tenham ajudado vocês e desejo a vocês de coração muito amor sempre!!

 

 

 

 

 

 

Anúncios
Publicado em Simpatias | Marcado com , , | Deixe um comentário

GATO PRETO

CuriosidadesAproveitando que hoje é uma sexta 13 vai um pouco sobre o suposto mito do Gato Preto!

Com seus grandes olhos que cintilam nas trevas, e sua espantosa capacidade de sobrevivência, o gato sempre foi objeto de numerosos mitos e superstições, inclusive o mito das suas nove vidas, iniciado no Egito, onde o nove é um número mágico e os gatos são condutores da alma dos mortos. Seu comportamento independente e a agilidade surpreendente despertaram idéias de encantamentos e adivinhação, ligando-o para sempre no imaginário popular ao mistério e à magia.

Mesmo em culturas em que foram adorados como divindades, os gatos não escaparam à torturas e mortes terríveis, devidas a seus supostos poderes sobrenaturais. Em diversas regiões do mundo, gatos eram enterrados por baixo das plantações após morrerem por espancamento, que simbolizava o amaciamento dos cereais. Acreditava-se que isto garantia colheitas abundantes, talvez pelo antigo mito da fertilidade do gato, associado à deusa Bastet. Na Europa de outrora, além de queimados nas fogueiras por feitiçaria, os gatos eram emparedados vivos dentro de edifícios em construção, para que o prédio não fosse atacado por roedores ou espíritos malignos. Gatos pretos foram perseguidos por supostas ligações com o demônio. Originou-se daí a a crença, na Inglaterra, de que um gato preto atravessando o caminho é sinal de boa sorte. Boa sorte porque ele se foi e deixou de fazer-nos mal… Entretanto, na América, a crença inverteu-se, passando o gato preto a representar perigo.

Ainda na Europa, acreditava-se que um gato com a pata por trás da orelha ou bocejando era sinal de chuva e que um gato ronronando significava bom tempo. Também no Camboja os gatos trazem a chuva, existindo mesmo um antigo ritual em que um gato é levado de aldeia em aldeia e aspergido com água. No Japão, um gato com a pata levantada é um dos símbolos da boa sorte, conhecido por Maneki-Neko, e o gato é ainda hoje usado como talismã pelos marinheiros durante as tempestades.

Na Tailândia, onde acreditava-se que as almas das pessoas muito evoluídas migravam para o corpo de um gato e depois subia aos céus, havia um ritual em que um gato era enterrado vivo junto com o morto. No túmulo havia um buraco para que o animal saísse, e assim os monges sabiam que a alma já havia penetrado em seu corpo.

Na China, atribuía-se aos gatos o poder de se vingarem dos seus assassinos.

Publicado em Crenças, Curiosidades | Marcado com , | 2 Comentários

Budismo

CRENÇAS
O Budismo é uma filosofia de vida baseada integralmente nos profundos ensinamentos do Buda para todos os seres, que revela a verdadeira face da vida e do universo.

Quando pregava, o Buda não pretendia converter as pessoas, mas iluminá-las. É uma religião de sabedoria, onde conhecimento e inteligência predominam. O Budismo trouxe paz interior, felicidade e harmonia a milhões de pessoas durante sua longa história de mais de 2.500 anos.

O Budismo é uma religião prática, devotada a condicionar a mente inserida em seu cotidiano, de maneira a leva-la à paz, serenidade, alegria, sabedoria e liberdade perfeitas. Por ser uma maneira de viver que extrai os mais altos benefícios da vida, é freqüentemente chamado de “Budismo Humanista”.
untitled
Buda:
O Budismo foi fundado na Índia, no séc. VI a.C.,  pelo Buda Shakyamuni. O Buda Shakyamuni nasceu ao norte da Índia (atualmente Nepal) como um rico príncipe chamado Sidarta.

Aos 29 anos de idade, ele teve quatro visões que transformaram sua vida. As três primeiras visões – o sofrimento devido ao envelhecimento, doenças e morte – mostraram-lhe a natureza inexorável da vida e as aflições universais da humanidade. A quarta visão — um eremita com um semblante sereno – revelou-lhe o meio de alcançar paz. Compreendendo a insignificância dos prazeres sensuais, ele deixou sua família e toda sua fortuna em busca de verdade e paz eterna. Sua busca pela paz era mais por compaixão pelo sofrimento alheio do que pelo seu próprio, já que não havia tido tal experiência. Ele não abandonou sua vida mundana na velhice, mas no alvorecer de sua maturidade; não na pobreza, mas em plena fartura.

Depois de seis anos de ascetismo, ele compreendeu que se deveria praticar o “Caminho do Meio”, evitando o extremo da auto-mortificação, que só enfraquece o intelecto, e o extremo da auto-indulgência, que retarda o progresso moral. Aos 35 anos de idade (aproximadamente 525 a.C.), sentado sob uma árvore Bodhi, em uma noite de lua cheia, ele, de repente, experimentou extraordinária sabedoria, compreendendo a verdade suprema do universo e alcançando profunda visão dos caminhos da vida humana. Os budistas chamam essa compreensão de “iluminação”. A partir de então, ele passou a ser chamado de Buda Shakyamuni (Shakyamuni significa “Sábio do clã dos Shakya”). A palavra Buda pode ser traduzida como: “aquele que é plenamente desperto e iluminado”.

Publicado em Diversidade Cultural | Marcado com , | Deixe um comentário

Danças Folclóricas do Brasil

diversidade

As danças sempre foram um importante componente cultural da humanidade. O folclore brasileiro é rico em danças que representam as tradições e a cultura de uma determinada região. Estão ligadas aos aspectos religiosos, festas, lendas, fatos históricos, acontecimentos do cotidiano e brincadeiras. As danças folclóricas brasileiras caracterizam-se pelas músicas animadas (com letras simples e populares) e figurinos e cenários representativos. Estas danças são realizadas, geralmente, em espaços públicos: praças, ruas e largos.

As principais danças folclóricas são:

Samba de Roda

Estilo musical caracterizado por elementos da cultura afro-brasileira. Surgiu no estado da Bahia, no século XIX. É uma variante mais tradicional do samba. Os dançarinos dançam numa roda ao som de músicas acompanhadas por palmas e cantos. Chocalho, pandeiro, viola, atabaque e berimbau são os instrumentos musicais mais utilizados.

samba de rodaMaracatu

O maracatu é um ritmo musical com dança típico da região pernambucana. Reúne uma interessante mistura de elementos culturais afro-brasileiros, indígenas e europeus. Possui uma forte característica religiosa. Os dançarinos representam personagens históricos (duques, duquesas, embaixadores, rei e rainha). O cortejo é acompanhado por uma banda com instrumentos de percussão (tambores, caixas, taróis e ganzás).

maracatu3Frevo

Este estilo pernambucano de carnaval é uma espécie de marchinha muito acelerada, que, ao contrário de outras músicas de carnaval, não possui letra, sendo simplesmente tocada por uma banda que segue os blocos carnavalescos enquanto os dançarinos se divertem dançando. Os dançarinos de frevo usam, geralmente, um pequeno guarda-chuva colorido como elemento coreográfico.

frevo3Baião

Ritmo musical, com dança, típico da região nordeste do Brasil. Os instrumentos usados nas músicas de baião são: triângulo, viola, acordeom e flauta doce. A dança ocorre em pares (homem e mulher) com movimentos parecidos com o do forró (dança com corpos colados). O grande representante do baião foi Luiz Gonzaga.

xaxado-pisada-do-sertao-2Catira

Também conhecida como cateretê, é uma dança caracterizada pelos passos, batidas de pés e palmas dos dançarinos. Ligada à cultura caipira, é típica da região interior dos estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Goiás e Mato Grosso. Os instrumento utilizado é a viola, tocada, geralmente, por um par de músicos.

images85O3BI8IQuadrilha

É uma dança típica da época de festa junina. Há um animador que vai anunciando frases e marcando os momentos da dança. Os dançarinos (casais), vestidos com roupas típicas da cultura caipira (camisas e vestidos xadrezes, chapéu de palha) vão fazendo uma coreografia especial. A dança é bem animada com muitos movimentos e coreografias. As músicas de festa junina mais conhecidas são: Capelinha de Melão, Pula Fogueira e Cai,Cai balão.

untitled

Publicado em Curiosidades, Diversidade Cultural | Marcado com , | Deixe um comentário

Karma e a Lei de Causa e Efeito

CRENÇAS
Uma pessoa é uma combinação de matéria e mente. O corpo pode ser encarado como uma combinação de quatro componentes: terra, água, calor e ar.
A mente é a combinação de sensação, percepção, idéia e consciência. T
Toda a matéria na natureza está sujeito ao ciclo de formação, duração, deterioração e cessação.
Monjes budistas 3
O Buda ensinou que a interpretação da vida através de nossos seis sensores (olhos, ouvidos, nariz, língua, corpo e mente) não é mais do que ilusão. Quando duas pessoas experimentam um mesmo acontecimento, a interpretação de uma, pode levar à tristeza, enquanto a da outra, pode levar à felicidade. É o apego às sensações, derivadas desses seis sentidos, que resulta em desejo e ligação passional, vida após vida.

O Buda ensinou que todos os seres sencientes estão em um ciclo contínuo de vida, morte e renascimento, por um número ilimitado de vidas, até que finalmente alcancem a iluminação. Os budistas acreditam que os nascimentos das pessoas estão associados à consciência proveniente das memórias e do karma de suas vidas passadas.
“Karma” é uma palavra em sânscrito que significa “ação, trabalho ou feito”. Qualquer ação física, verbal ou mental, realizada com intenção, pode ser chamada de karma. Assim, boas atitudes podem produzir karma positivo, enquanto más atitudes podem resultar em karma negativo. A consciência do karma criado em vidas passadas nem sempre é possível; a alegria ou o sofrimento, o belo ou o feio, a sabedoria ou a ignorância, a riqueza ou a pobreza experimentados nesta vida são, no entanto, determinados pelo karma passado.

Neste ciclo contínuo de vida, seres renascem em várias formas de existência. Há seis tipos de existência: Devas (deuses), Asuras (semideuses), Humanos, Animais, Pretas (espíritos famintos) e Seres do Inferno. Cada um dos reinos está sujeito às dores do nascimento, da doença, do envelhecimento e da morte. O renascimento em formas superiores ou inferiores é determinado pelos bons ou maus atos, ou karma, que foi sendo produzido durante vidas anteriores. Essa é a lei de causa e efeito. Entender essa lei nos ajuda a cessar com todas nossas ações negativas.

Publicado em Curiosidades | Marcado com | Deixe um comentário

O Circo e a Diversidade Cultural

 

diversidade

Nesse vídeo a atriz,diretora de teatro e circo, pesquisadora e conselheira nacional de política cultural Alice Viveiros de Castro fala da diversidade do fazer artístico e cultural do Crescer e Viver.
untitled
O circo tem uma grande extenção cultural, em seus espetáculos há referências culturais de todos os lugares. Além de ser um grande atrativo para a sociedade o circo é um lugar onde todos são iguais, onde rir, compartilhar alegria, carinho, amizadade faz parte do cotidiano.

Em sua história a uma imensa diversidade cultural. Ele tem um pouco da idade média onde saltimbamcos mostravam suas habilidades ao ar livre em troca de contribuições, trouxe da China o contorcionismo e equilibristas, em Roma era realizados atrações para a massa plebeia.

Seu grande diferencial é que nem mesmo a tecnologia fez com que ele caisse no esquecimento, pois é o homem quem traz graça a vida.

 

Publicado em Diversidade Cultural | Marcado com , | Deixe um comentário

Cabala

CRENÇAS

O que é a Cabala?

 A Sabedoria da Cabala é uma ferramenta científica para estudar o mundo espiritual. Para explorar o nosso mundo, usamos as ciências naturais como a física, química e biologia. Mas as ciências naturais lidam apenas com o mundo físico que percebemos com nossos cinco sentidos. Para entender completamente o mundo em que vivemos, necessitamos uma ferramenta de pesquisa que possa explorar o domínio oculto, que não pode ser percebido por nossos sentidos. Essa ferramenta é a sabedoria da Cabala.

De acordo com a sabedoria da Cabala, a realidade consiste em duas forças ou qualidades: o desejo de receber e o desejo de doar. Já que o desejo de doar quer outorgar, ele cria um desejo de receber, e por isso é mais comumente chamado de “O Criador”. Assim sendo, toda a Criação, incluindo nós mesmos, somos manifestações desse desejo de receber.

Usando a Cabala, podemos trabalhar com as forças fundamentais da realidade – recepção e outorgamento – para o nosso benefício. A Cabala nos ensina não apenas o plano da Criação, mas também como podemos nos tornar criadores, tão onipotentes e oniscientes como o Criador da realidade.

Quem pode estudar a Cabala?

 Quando perguntaram ao Rav Kook- o grande Cabalista do século 20 e o mais importante Rabino de Israel – quem poderia estudar Cabala, sua resposta foi inequívoca: “Qualquer um que queira”. Nos últimos cem anos, todos os Cabalistas, sem exceção, e em muitas ocasiões, deixaram claro que hoje a Cabala está disponível a todos. Disseram também que ela é a ferramenta necessária para resolver a crise global que previam viria a acontecer e que hoje estamos enfrentando.

De acordo com todos os Cabalistas, os dias em que a Cabala era um segredo acabaram. A sabedoria da Cabala manteve-se oculta no passado porque os Cabalistas temiam que ela fosse mal aplicada e mal entendida. E realmente o pouco que escapou gerou muitos mal-entendidos. Porque os Cabalistas dizem que a nossa geração está pronta para entender o real significado da Cabala, e para acabar com os mal-entendidos, esta ciência está agora sendo revelada para todos que desejam aprender.

Publicado em Crenças, Curiosidades | Marcado com , | 1 Comentário